O que é API?

A sigla API vem da expressão inglesa “Application Programming Interface” ou interface de programação de aplicação, em português

API é um conjunto de rotinas e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software ou plataforma baseado na Web. São essas normas que possibilitam a comunicação entre plataformas através de uma série de padrões e protocolos. De modo geral, a API é composta por uma série de funções acessíveis somente por meio de programação.

Um bom exemplo é o caso de um desenvolvedor que deseja criar um aplicativo de fotos para Android. Ele poderá ter acesso à câmera do celular através da API do sistema operacional, sem ter a necessidade de criar uma nova interface de câmera do zero. O mesmo acontece com aplicativos que utilizam os serviços de mapas por meio da API do Google Maps.

Uma API é criada quando uma empresa de software tem a intenção de que outros criadores de software desenvolvam produtos associados ao seu serviço. Existem vários desenvolvedores que disponibilizam seus códigos e instruções para serem usados em outros sites da maneira mais conveniente para seus usuários.

Através das APIs, os aplicativos podem se comunicar uns com os outros sem conhecimento ou intervenção dos usuários. Elas funcionam através da comunicação de diversos códigos, definindo comportamentos específicos de determinado objeto em uma interface.

Mais recentemente, o uso de API tem – se generalizado nos plugins – acessórios que complementam a funcionalidade de um programa. Os autores do programa principal fornecem uma API específica para que outros desenvolvedores criem plugins e estendam as funcionalidades do sistema.

O propósito das APIs é simplificar o desenvolvimento de programas e aplicações, através da abstração dos diversos elementos que compõem um software. Isso permite que o desenvolvedor não precise saber detalhadamente a implementação de todas as partes que compõem um sistema. Contudo, continuará precisando saber como utilizar os serviços fornecidos pelas APIs de seu interesse e como se dará a interação destas com os outros elementos de seu software.

Segurança – a criptografia é necessária para manter os dados das APIs seguros. Por este motivo, alguns certificados precisam ser validados corretamente, sem que haja margem para criação de possíveis brechas no sistema.

Caso não use a criptografia, os certificados não serão validados corretamente. Vulnerabilidades no sistema como essas podem ser exploradas, permitindo que hackers interceptem dados de usuários, o que é potencialmente perigoso quando tratamos de informações financeiras, como o sistema de Open Banking e de dados médicos.

Quer começar a programar? Recomendamos que faça nosso Curso de Algoritmo e Lógica de Programação.

Hoje em dia, algoritmos computacionais estão presentes em quase tudo na nossa vida. Além dos tradicionais computadores e notebooks, muitos estão totalmente acostumados com o uso de aplicativos para smartphones e tablets, TVs inteligentes podem executar programas personalizados e até mesmo outros aparelhos que usamos no nosso dia-a-dia.

O Curso de Algoritmo é a base necessária para quem quer aprender em linguagens famosas do mercado, como C, Java, PHP e muitas outras. Inscreva-se no curso agora mesmo e aprenda as técnicas básicas para a construção de programas para dispositivos eletrônicos.

Aprender Algoritmos e Lógica de Programação não é difícil! O professor Gustavo Guanabara, com mais de 20 anos de experiência, vai mostrar os passos para aprender a programar em 15 aulas bem descontraídas.

Links Relacionados – conteúdos que podem ser do seu interesse:

Estudonauta – Cursos de tecnologia com tutoria
Seja um apoiador do projeto Curso em Vídeo
Canal Curso em Vídeo no YouTube

 

Rolar para cima