10 curiosidades sobre professor Gustavo Guanabara

Curiosidades do professor Gustavo Guanabara

10 curiosidades sobre professor Gustavo Guanabara

O que vem a seguir, eu não faço ideia! Gosto muito de inventar coisas novas a toda hora. Quando se trata de criação de conteúdo, ficar parado e se acomodar é uma das piores atitudes.” Gustavo Guanabara

O lado B do professor Guanabara

Como qualquer bom e velho álbum de vinil que se preze, todo mundo tem dois lados. Uma versão das pessoas, assim como os LPs, apresenta características mais profissionais, formais e quem em sua maioria são capazes de agradar a gregos e troianos. Esse seria o lado A, uma espécie de cartão de visitas prontinho para ser exibido. Contudo, o ser humano também tem um lado B repleto de peculiaridades e situações curiosas e únicas. 

Neste artigo, você conhecerá melhor o pai do Curso em Vídeo e descobrirá curiosidades de sua vida pessoal e de sua personalidade.

O professor

Ele é “o cara” da Educação a Distância, tem 44 anos, carioca, bem humorado, está sempre em vídeos na Web, tem mais 1,8 milhão de seguidores no YouTube e 166 mil no Instagram, e manda bem diante das câmeras.  Não, ele não é influencer, cantor, ator nem Youtuber, ele é o Gustavo Guanabara, professor desde 1994, já atuou em todo tipo de segmento; do ensino infantil, passando por cursos técnicos, até em universidades. Coordenou o setor de tutoriais para ensino a distância de uma universidade pública. Já viajou por todo o Brasil dando palestras em eventos nacionais e internacionais, como Campus Party, FISL, Latinoware etc

O foco do seu trabalho é em TI, especialista em educação a distância. Hoje, tem uma empresa de EAD e um canal do YouTube, onde ensina Tecnologia para jovens e adultos.

O início dos trabalhos na Internet

Em 2006, Gustavo Guanabara dava aulas presenciais em uma escola técnica no Rio de Janeiro. Para ajudar os alunos que tinham faltado a recuperar o conteúdo perdido, resolveu gravar suas aulas de PHP e disponibilizar na Internet. Anteriormente, ele deixou as aulas gravadas em CDs na biblioteca da escola, porém, eles acabaram extraviados.

Em 2007, o Guanabara conheceu Kauê Linden, diretor da Hostnet, na Olimpíada de Algoritmo. Os dois conversaram sobre o projeto de um site com conteúdo técnico educacional e o Kauê fez o convite para que hospedasse, gratuitamente, as aulas nos servidores da empresa. Essa ação deu origem ao projeto de um primeiro site chamado Guanabara.info que reunia notícias e aulas, e a um podcast que chegou a ser um dos carros chefes do seu trabalho online: o Guanacast. – simultaneamente, o professor já criava cursos e gravava as aulas para Hostnet (como faz até os dias atuais).

Em 2012, Guanabara iniciou um outro projeto pessoal, o Curso em Vídeo. A essa altura, a Hostnet que já depositava total credibilidade em suas iniciativas e também apoiou integralmente a novidade. Hoje, o professor atua como consultor de tecnologia para a empresa e produz conteúdos para o site e outras áreas.

O Curso em Vídeo consiste em cursos online gratuitos na área de Tecnologia da Informação que tem por objetivo incentivar a educação e abrir uma porta para que as pessoas se interessem por sistemas de computação, programação, marketing digital  e design. O projeto está à disposição no site cursoemvideo.com ou no canal do YouTube.

Uma versão mais aprofundada e ampla do seu curso está disponível, com tutoria e certificação, no site estudonauta.com.br. Nesse site o aluno tem acesso às aulas online a partir de uma assinatura com valor acessível.

A outra face da moeda

As curiosidades sobre o Guanabara vão muito além da sala de aula. Agora, vamos contar feitos interessantes relacionados a sua vida, nos aprofundando, também, em fatos que você já conhece:

1 – Quando era adolescente queria criar games e seu tio Cláudio, que é físico nuclear e tinha conhecimento em programação, o incentivou a programar e a “desenhar no computador” para poder aprender a criar os jogos.

O tio Claudio é o de camisa listrada.

2 – Começou a dar aula com 16 anos, para turmas de supletivo, na escola onde cursou o 2º grau.

3 – Publicou o seu primeiro curso na Internet em 2006, de PHP, exclusivamente para seus alunos de turmas presenciais A motivação? Ajudar quem havia perdido as aulas a não ficar “boiando” na matéria.

4 – Foi expulso de um provedor de hospedagem de sites gringo que ele havia contratado na época por excesso de tráfego. Isso aconteceu depois que suas aulas (que eram apenas para os seus alunos) foram parar na página principal do site Baixaki sem que ele soubesse.

5 – Um ano depois de ser expulso do provedor e ter suas aulas retiradas do ar, conheceu o Kauê Linden em um evento escolar. Gustavo contou o ocorrido para o Kauê, que, imediatamente, o convidou para hospedar seus projetos educacionais na Hostnet.

6 – Em 2007, criou o blog de notícias Guanabara.info, passando a ser patrocinado pela Hostnet.

7 – Foi um dos primeiros podcasters do Brasil, lançando o Guanacast em 2008, onde ensinava algoritmos para seu irmão, Rafael Guanabara e mais 2 alunos.

8 – Venceu um concurso de uma editora, com votação popular, e lançou um o Livro do Blog Guanabara.info. Como agradecimento, colocou na capa o nome de todas as pessoas que votaram nele.

9 – Participou da Campus Party durante cinco anos consecutivos, dando palestras para centenas pessoas que disputavam espaço nos auditórios  para assistir o Mestre Gafanhoto de pertinho.

10 – Lançou o curso em vídeo em 2012 e no primeiro ano de canal faturou quase nada. Além disso, foi chamado de trouxa por outros professores que trabalhavam com ele em colégios no RJ.  (Obs: não desistam dos seus sonhos, apesar das críticas)

E então, gostou de saber um pouco mais sobre a vida e a personalidade do professor Gustavo Guanabara? Para conhecer  mais, continue acompanhando os artigos, redes sociais e videoaulas no YouTube e plataformas de EAD.

Links Relacionados:

Site: https://www.cursoemvideo.com
Canal do YouTube: http://www.youtube.com/cursosemvideo
Estudonauta: https://www.cursoemvideo.com/course/curso-de-html5/

 

Rolar para cima